Postado em 23 de Junho de 2017 às 09h46

Planos de saúde terão que cobrir novos exames e tratamentos

Gestão de Saúde (33)

Desta vez serão incluídos 15 procedimentos, a maioria contra o câncer, além de novos medicamentos.

A recusa de cobertura pelos planos de saúde é a maior dor de cabeça dos segurados. E agora a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quer incluir 15 procedimentos na lista de exames e tratamentos de cobertura obrigatória. Essa lista tem também medicamentos e inclui, pela primeira vez, tratamento para esclerose múltipla.

É muito importante essa ampliação de procedimentos cobertos pelos convênios porque isso motivou 70% das 90.245 reclamações que a ANS recebeu no ano passado.

As mudanças na lista obrigatória da ANS só são feitas a cada dois anos, após uma série de reuniões com entidades representativas. O presidente da Associação Médica Brasileira, Florentino Cardoso, disse em entrevista a Rede Globo que as atualizações deveriam ser discutidas mais frequentemente. “A saúde e a medicina mudam de maneira muito rápida e achamos que dois anos é um período muito longo. A população perde com isso, com certeza”, afirmou.

A ANS disse que o intervalo de dois anos para a atualização do rol é suficiente porque as novas tecnologias precisam ser testadas para garantir segurança e bons resultados para os pacientes.  A Associação Brasileira de Planos de Saúde e a Federação Nacional de Saúde Suplementar afirmaram que a incorporação de novos procedimentos deve ser acompanhada de um estudo sobre o custo e efetividade, além do impacto nas mensalidades dos planos.

Veja aqui a proposta dos novos procedimentos da ANS.

*Informações Bom Dia Brasil | Rede Globo

Veja também

Controle da Infecção Hospitalar15/05/20 Prevenção engloba medidas rigorosas de controle que vão da higienização das mãos ao tratamento de efluentes e resíduos de serviços de saúde Há alguns anos o termo infecção hospitalar foi alterado devido à ampliação do conceito. Hoje, fala-se em Infecções Relacionadas à Assistência......
Canoas Mais Leve16/04/18Iniciativa de combate a obesidade em município gaúcho oferece atendimento multidisciplinar. Por Marcela Panke A Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de Canoas (RS) implantou, em 2017, o projeto Canoas Mais Leve, que tem o objetivo de combater a obesidade e doenças relacionadas no município. O Sistema de......
Unidades Básicas de Saúde serão informatizadas15/08/17Unidades básicas de saúde estarão informatizadas até o fim de 2018, diz ministro. Até 2018, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do País estarão informatizadas, disse ontem (14) o Ministro da Saúde, Ricardo Barros. Segundo ele, cerca de 15 mil UBSs já são informatizadas......

Voltar para NOTÍCIAS