Postado em 30 de Abril de 2018 às 14h33

Congresso de Secretarias de Saúde de Santa Catarina

Gestão de Saúde (28)

68ª edição do evento inicia nesta quarta-feira (2), em Chapecó/SC.

Entre os dias 2 e 4 de maio, acontecerá em Chapecó/SC, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, o 68º Congresso de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina. Organizado pelo COSEMS SC – Conselho de Secretarias Municipais de Saúde – Santa Catarina, com apoio da Prefeitura de Chapecó, por meio da Secretaria de Saúde, o evento é direcionado para gestores municipais, prefeitos, técnicos das prefeituras, técnico da Secretaria de Estado da Saúde e público em geral.

De acordo com o Presidente do Cosems, Sidnei Bellé, o principal objetivo do evento é debater as necessidades de aprimoramento do setor e promover o debate sobre os rumos da saúde pública da região e do país. Ele explica que o conselho é uma entidade que representa potencialmente os interesses das Secretarias Municipais de Saúde e congrega todos os Secretários Municipais de Saúde como membros-efetivos. Bellé explica que foi escolhida a cidade de Chapecó para realização do evento por ser uma cidade em pleno desenvolvimento e referência em saúde para todo o grande oeste. “Além disso, pela importância de levar o evento para o oeste catarinense que possui grande parte dos municípios catarinenses”, destacou.

Ele explica que o objetivo do evento é debater assuntos pertinentes a gestão do Sistema Único de Saúde, pautando assuntos que estão em voga no momento atual e prestigiando experiências da gestão municipal de saúde em Santa Catarina. “Estarão na pauta assuntos como o Financiamento em Saúde, informatização, assistência farmacêutica, Atenção Básica, Vigilância e Regulação em Saúde e Mostra Catarinense de boas experiência municipais”, comentou.

Os interessados em participar podem fazer sua inscrição pelo formulário online

1ª Mostra Catarinense Aqui tem SUS

Haverá a 1ª Mostra Catarinense Aqui tem SUS. Foram inscritos 203 trabalhos referentes à 72 municípios. Os trabalhos foram pré-selecionados por avaliadores externos, que tomaram como base os critérios estabelecidos por edital. Os critérios seguidos, por sua vez, tomam como base as normativas da Mostra Nacional. Foram pré-selecionados 40 trabalhos que irão ser apresentados oralmente no dia 2 de maio dentro do 68º Congresso do COSEMS – SC, para posterior seleção dos 21 trabalhos a serem classificados para a etapa nacional. Na segunda etapa de classificação os trabalhos serão avaliados pelas profissionais Bianca de Sousa Valverde (Médica) e Fernanda Cardinalli (Enfermeira e Psicóloga), além de representantes das Universidades Unoesc, Unochapecó, Udesc e UFFS. 

Práticas integrativas

Uma das atividades que os participantes do 68º Congresso de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina poderão participar serão as práticas integrativas. Organizado pela Secretaria de Saúde de Chapecó, serão oferecidas, através de agendamento, sessões de acupuntura, reiki, massoterapia e auriculoterapia. As Práticas Integrativas foram incorporadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) como práticas de medicina integrativa e complementar. Ao todo, o SUS oferece aos pacientes 29 procedimentos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais oferecidos pelo sistema público de saúde. 

Veja também

Ministério da Saúde lança campanha de Luta Contra a AIDS30/11/18Através de plataforma online e interativa, internauta pode ajudar a construir a história do HIV e celebrar a vida após 30 anos de luta contra AIDS. Há 30 anos, no dia 27 de outubro de 1988, a Assembleia Geral da ONU e a Organização Mundial de Saúde instituíram o dia 1º de dezembro como o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Cinco anos após a descoberta do vírus causador da Aids, o HIV, 65,7 mil pessoas já tinham sido diagnosticadas com o vírus, e 38 mil já tinham falecido. Para marcar......
Chapecó registra primeiro óbito por meningite06/09/17Até o final de agosto deste ano, Santa Catarina confirmou 552 casos de meningites, com um total de 39 óbitos. Após a confirmação do primeiro óbito por meningite bacteriana na cidade de Chapecó, a população ficou apreensiva com a possibilidade de surgirem mais casos da doença. De acordo com a médica......
A medicina que voa25/09 Surgido na Primeira Guerra Mundial, serviço aeromédico cresce como braço do atendimento pré-hospitalar móvel e reduz tempo de resgate e número de mortes no mundo Keli Magri Quanto tempo é......

Voltar para NOTÍCIAS