Postado em 08 de Agosto de 2017 às 11h09

Cientistas tentam eliminar substância cancerígena de potes de plástico

Inovação (15)

Processo químico simples, barato e seguro promete filtrar Bisfenol A.

O Bisfenol A (da sigla em inglês BPA) é um poluente encontrado em diversas embalagens plásticas utilizadas cotidianamente, como potes plásticos, escovas de dente e até mamadeiras. Antes que fossem evidenciados os riscos que tal substância pode acarretar à saúde humana, seu uso foi inserido pelas indústrias e até hoje muitos consumidores desconhecem o potencial cancerígeno. Mas, um grupo de cientistas norte-americanos está buscando maneiras de eliminá-lo defininitivamente.

Por meio de um processo químico simples, barato e seguro, os pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon na Pensilvânia desenvolveram um catalisador químico que pode remover até 99% do bisfenol da água.

“Resolvemos um problema de pesquisa de bilhões de dólares”, disse Terrence Collins, um dos principais pesquisadores que desenvolveram o método. “Este tratamento pode ser feito por qualquer pessoa, em qualquer lugar, em qualquer quantidade de água”.

O método consiste em combinar um grupo de catalisadores chamados ativadores TAML com peróxido de hidrogênio. Juntos e em água com pH neutro, as moléculas de bisfenol se unem formam aglomerados -, e assim são facilmente filtradas. “Você pode tratar dezenas de milhares de toneladas de água com 1 quilograma do catalisador”, explicou Collins. O estudo foi publicado na revista Green Chemistry.

Bisfenol no Brasil

Em seu site, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ressalta que a Organização Mundial de Saúde (OMS) realizou uma reunião, em 2010, com especialistas de vários países, onde foi concluído, entre outras coisas, que o bisfenol só causa problemas em doses elevadas.

Ainda assim, o uso de bisfenol em mamadeiras é proibido no país. “Por precaução, alguns países, inclusive o Brasil, optaram por proibir a importação e fabricação de mamadeiras que contenham Bisfenol A”, afirma o órgão aqui. Entretanto, o uso é liberado para outros utensílios, seguindo limites estabelecidos pela legislação.

 

*Fonte: CicloVivo

Veja também

Tijolo Verde13/10/17Tecnologias são colocadas em prática para gerar soluções com menor impacto ambiental dentro da construção civil. Por Carol Bonamigo Extração de matéria prima da natureza, produção de materiais, construção de edificações. Esses são apenas alguns dos inúmeros processos que requerem para a construção civil. Inegavelmente um dos setores fundamentais na economia brasileira – empregando cerca de 13 milhões de pessoas,......
App Casan SC23/05/18Casan lança aplicativo para facilitar a vida dos usuários catarinenses. Em Santa Catarina, o cidadão que desejar agora pode solicitar pelo celular serviços da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), relacionados a água, esgoto, consumo, faturas e outros serviços. O novo canal de......
Fatma usará drones no licenciamento ambiental23/11/17Técnicos da Fatma vão utilizar pela primeira vez drones no licenciamento ambiental. Técnicos da Fundação do Meio Ambiente (Fatma) vão utilizar pela primeira vez Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), conhecidos como drones, no licenciamento ambiental. A ação ocorre nesta......

Voltar para NOTÍCIAS