Postado em 01 de Outubro de 2018 às 14h42

Outubro Rosa

Gestão de Saúde (33)

Ações e orientações marcam o mês de combate ao câncer de mama.

Conhecido mundialmente como o mês de combate ao câncer de mama, o Outubro Rosa é um movimento internacional utilizado para estimular a prevenção à doença, com diversas ações programadas.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Estima-se que, em 2018, aproximadamente 59,7 mil novos casos sejam diagnosticados, apenas no Brasil. Por isso, especialistas alertam para a importância do diagnóstico precoce. “Estima-se, para o Brasil, que no biênio 2018-2019 haja a ocorrência de 600 mil casos novos de câncer, para cada ano, sendo 70% dessa incidência concentrada nas regiões Sul e Sudeste. Desses, os cânceres de próstata (68 mil) em homens e mama (60 mil) em mulheres serão os mais frequentes. Por isso é de extrema importância que as mulheres façam o autoexame mensalmente, mantenham as consultas regulares ao ginecologista e, ao menor sinal de mudanças, procure um especialista”, afirma o oncologista Dr. Cristiano Vendrame. 

Revista Servioeste Saúde e Meio Ambiente O médico informa que o câncer de mama não tem somente uma causa e que a idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença – cerca de quatro em...

O médico informa que o câncer de mama não tem somente uma causa e que a idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença – cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos, por isso é recomendada a realização de uma mamografia de rastreamento a cada dois anos, após essa faixa etária.

Mesmo assim, outros fatores podem contribuir para o seu surgimento, como obesidade e sobrepeso após a menopausa, sedentarismo, consumo excessivo de bebidas alcóolicas e histórico familiar. “É importante ressaltar que a combinação desses fatores não significa que a mulher, necessariamente, vá desenvolver a doença. Entretanto, é comprovado que cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis. Essa é uma patologia que pode ser detectada em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura, portanto, ao detectar a presença de um caroço (nódulo) na mama ou próximo à axila, alterações no bico do peito ou saída espontânea de líquido dos mamilos, procure seu médico”, orienta Dr. Vendrame.

Veja também

Setembro Verde01/09/17Campanha destaca importância do diagnóstico precoce do câncer colorretal. Entidades de saúde de Santa Catarina estão juntas para a campanha Setembro Verde, que tem por finalidade informar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de intestino e reto (câncer colorretal – CCR), e estimular práticas de um estilo de vida saudável. “Este tipo de câncer pode ser evitado em 90% dos......
Canoas Mais Leve16/04/18Iniciativa de combate a obesidade em município gaúcho oferece atendimento multidisciplinar. Por Marcela Panke A Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de Canoas (RS) implantou, em 2017, o projeto Canoas Mais Leve, que tem o objetivo de combater a obesidade e doenças relacionadas no município. O Sistema de......
Região sul terá um dos maiores hospitais do sistema Unimed12/06/17O novo Hospital Unimed Chapecó, primeiro do sistema Unimed na região Sul, está em franco crescimento, ampliando as áreas de atendimento e instalações. Preocupada com a evolução constante, porém cautelosa com o processo de crescimento e os gastos envolvidos nesta operação, a atual diretoria do Hospital Unimed Chapecó iniciou as ações de......

Voltar para NOTÍCIAS