Postado em 09 de Junho de 2017 às 15h57

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Educação Ambiental (16)

Uma agenda de desenvolvimento audaciosa, constituindo um conjunto integrado e indivisível de prioridades globais para o desenvolvimento sustentável.

Em setembro do ano 2000, a Organização das Nações Unidas (ONU) promoveu a Cúpula do Milênio, na qual os presidentes de 189 países firmaram um compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), também conhecidos como “8 Jeitos de Mudar o Mundo”. A intenção era tornar o mundo mais sustentável e justo para todos, buscando eliminar a fome e a pobreza extrema de todo o planeta até 2015. No Brasil, até este ano, cerca de 900 municípios tinham algum registro de atividade ODM.

Esse patrimônio mobilizado em prol dos ODM contribui para que o Movimento tenha uma base sólida para a nova agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que busca dar continuidade ao trabalho dos ODM e promover um futuro sustentável até 2030, sem deixar ninguém para trás. São 17 Objetivos e 169 metas, para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas. 

Revista Servioeste - Saúde e Meio Ambiente - Na cidade de Chapecó-SC, o Grupo Servioeste faz parte do Movimento Nacional ODS Nós Podemos Santa Catarina por meio do Comitê Local Nós Podemos Chapecó, desde 2015.
Na cidade de Chapecó-SC, o Grupo Servioeste faz parte do Movimento Nacional ODS Nós Podemos Santa Catarina por meio do Comitê Local Nós Podemos Chapecó, desde 2015.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

ODS1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares;
ODS2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar, melhorar a nutrição, e promover a agricultura sustentável;
ODS3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades;
ODS4. Garantir educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizado ao longo da vida para todos;
ODS5. Alcançar igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas;
ODS6. Garantir disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos;
ODS7. Garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável e moderna para todos;
ODS8. Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos;
ODS9. Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação;
ODS10. Reduzir a desigualdade entre os países e dentro deles;
ODS11. Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis;
ODS12. Assegurar padrões de consumo e produção sustentáveis;
ODS13. Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos; ODS14. Conservar e promover o uso sustentável dos oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável;
ODS15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater à desertificação, bem como deter e reverter a degradação do solo e a perda de biodiversidade;
ODS16. Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis;
ODS17. Fortalecer os mecanismos de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Veja também

Revista Servioeste ganha prêmio regional de Jornalismo Ambiental07/12/18Publicação também foi finalista estadual na categoria mídia impressa. Aconteceu na noite de 4 de dezembro a entrega do 11º Prêmio IMA de Jornalismo Ambiental, promovido pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, em Florianópolis. A Revista Servioeste recebeu o troféu de primeiro lugar regional com a reportagem “O Destino dos Excedentes”, da jornalista Carol Bonamigo, sobre a destinação final dos resíduos......
Alunos de escolas e universidades participaram de mutirão de limpeza10/05A iniciativa Maré limpa na Resex tem o objetivo de sensibilizar banhistas sobre a destinação adequada do lixo Cerca de 200 quilos de resíduos foram recolhidos por cem voluntários que participaram, no dia 04 de maio, da 4ª edição da atividade “Maré Limpa na Resex”, realizada na Praia de Itaipu, na Região......
Programa Voluntário Ambiental RJ18/10/18Inea oferece vagas para voluntários na Floresta Estadual José Zago, em Trajano de Moraes. O Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea) recebe, de 8 a 19 de outubro, inscrições para o Programa Voluntário Ambiental afim de preencher cinco vagas para o voluntariado regular, sendo uma para as áreas de apoio a......

Voltar para NOTÍCIAS