Postado em 16 de Outubro de 2020 às 09h56

Nutrição e informação

Especial (28)

Dia Mundial da Alimentação é celebrado desde 16 de outubro de 1981

A obesidade e outras formas de desnutrição afetam uma em cada três pessoas no mundo. As projeções indicam que essa proporção no ano de 2025 se tornará uma em duas, informa a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura)


Desperdício, perda de alimentos no processo produção-distribuição, produção de alimentos, meio ambiente, clima, subnutrição, fome, obesidade, doenças relacionadas à ingestão de alimentos ricos em gordura, sódio e açúcares, fazem parte do rol de questões a serem pensadas quando se fala em alimentação.

Seguramente, a alimentação nutritiva não está ao alcance de todos. Em alguns casos, a desvalorização dos pequenos agricultores, desigualdade social, má distribuição de renda, prejuízos à natureza, guerra, conflitos e crise como a enfrentada neste momento, contribuem para o crescimento da pobreza, da fome e da desnutrição.

Por outro lado, a falta de informação relevante sobre a alimentação de qualidade e a hipersensibilização dos fastfoods contribuem para o ciclo vicioso dos maus hábitos alimentares.

Ações

Buscando despertar para a consciência alimentar, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu que as embalagens de produtos alimentícios devem apresentar rótulo padronizado indicando altos teores de açúcares adicionados, gorduras saturadas e sódio

A nova regra também estabelece mudanças na tabela de informação nutricional. A Anvisa declara que a ideia é esclarecer o consumidor sobre o alto conteúdo de nutrientes que têm relevância para a saúde. As informações são da Agência Brasil. 

O Movimento da Gastronomia Social (SGM), rede global interconectada de comunidades locais, usa a comida como protagonista das mudanças sociais voltadas ao combate à fome e à vulnerabilidade alimentar ao redor do mundo.

Este ano, o Movimento lançou a campanha global Prato Universal: Sabor de Mudança criada por empreendedores sociais de 17 países. A meta da ação é servir ao menos 50 mil refeições neste dia mundial da alimentação. As receitas deverão valorizar a produção local, o respeito ao meio ambiente, à tradição e à cultura alimentar de cada país.

Prato Universal engloba uma série de eventos online em torno do tema da Solidariedade Alimentar e da garantia dos direitos coletivos à segurança nutricional. Neste dia 16, em particular, os participantes irão celebrar suas tradições culturais, compartilhar receitas com zero desperdício e pôr a solidariedade alimentar em ação.

Veja também

Os desafios do licenciamento ambiental09/06/20 Mudanças na legislação para agilizar trâmites cobram melhores projetos dos empreendedores e exigem melhor estrutura dos órgãos de controle Quanto tempo demora para conseguir uma licença ambiental no Brasil? Essa pergunta não tem uma resposta exata, não só pela falta de legislação clara e objetiva, mas porque a própria lei......
Doação de órgãos27/09/20 “Só quem passa por uma experiência de renascimento entende a importância da doação” (Andrea Angélico Massa)  2019, contabilizou 11,4 mil potenciais doadores de órgãos. 3,7 mil foram......
Crise na Hemodiálise12/06/17A falta de sustentabilidade econômica do setor agrava situação dos pacientes renais crônicos no País. Por Carol Bonamigo Simone Wilke tinha apenas 23 anos quando uma anemia muito forte começou a afetar sua saúde. O diagnóstico mostrou que tinha lúpus – doença inflamatória causada quando o sistema......

Voltar para NOTÍCIAS