Postado em 13 de Março de 2019 às 15h07

Mutirão recolhe cerca de 40 quilos de resíduos na Baixada Fluminense

Educação Ambiental (23)

Ação de educação ambiental, promovida pelo Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea), aconteceu na APA do Alto Iguaçu

Cerca de 50 voluntários, incluindo especialistas em esportes radicais e guias turísticos, participaram de um mutirão de limpeza nas cachoeiras da Área de Proteção Ambiental (APA) do Alto Iguaçu, localizada na Baixada Fluminense. Foram recolhidos cerca de 40 quilos de resíduos, como cacos de vidro e plásticos, das trilhas que levam às cachoeiras e também próximos à água.

A ação ocorreu nas cachoeiras de Xerém, em Duque de Caxias, especialmente no Rio João Pinto, uma das principais fontes de abastecimento de água potável dos bairros da região. A atividade também abrangeu as zonas de amortecimento da Reserva Biológica do Tinguá.

“O mutirão realizado em nossa Unidade de Conservação é de suma importância, pois a atividade de educação ambiental sensibilizou os presentes sobre a importância da destinação adequada dos resíduos, preservando o local”, resume a gestora da Área de Proteção Ambiental, Erica Sodré.

Com 22.109 hectares, a APA do Alto Iguaçu abrange partes dos municípios de Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Texto e fotos: Assessoria de Comunicação do Inea

Veja também

Mudanças Climáticas17/04/20ONU lança pesquisa em formato de game sobre crise climática O Mission 1.5 é uma espécie de game que coloca em prática uma investigação a nível global sobre a ação climática. O nome tem a ver com a meta – firmada no Acordo de Paris (assinado por 195 países) - de manter o aquecimento global abaixo de 1,5 graus Celsius. A proposta é estimular as pessoas a perceberem seu papel no futuro do......
Curitiba espalha canteiros de hortaliças nas escolas09/04/18Hortas de escolas são laboratório vivo e estimulam a alimentação saudável. A Prefeitura de Curitiba está espalhando canteiros repletos de hortaliças pela rede municipal de educação. Entre as 87 unidades com atividades de cultivo para os estudantes, 25 escolas e Centros Municipais de Educação......
App aproxima catadores de quem quer descartar produtos recicláveis23/02/18Através de um processo aberto, sem fins lucrativos e colaborativo, Cataki visa conectar geradores e catadores de resíduos, aumentando reciclagem e renda. Foi a partir da demanda que o grafiteiro e ativista Mundano idealizou o Cataki, aplicativo sem fins lucrativos que conecta catadores com pessoas e empresas que querem descartar materiais recicláveis. De julho de 2017 até fevereiro deste ano, a......

Voltar para NOTÍCIAS