Postado em 18 de Dezembro de 2019 às 13h25

Cão terapia!

Espaço Animal (14)

Golden Retriever transforma vida do pequeno Gabriel, diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

A família Reis Pereira, de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, encontrou uma terapia especial para ajudar no tratamento do filho Gabriel, de seis anos, diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA): eles adotaram a Amora como nova integrante da família. A cachorra da raça Golden Retriever se tornou melhor amiga de Gabriel e uma ajuda importante no desenvolvimento do garoto.

A raça é uma das mais comuns de cães guias e cão terapia por ser dócil, adaptável e alegre. Em seis meses com Gabriel, a cachorra já o ajudou a melhorar a interação, a compreensão e a convivência.

“Aos poucos, ele teve um grande avanço na parte sensorial, foi aprendendo a tocar nela, a abraçar, a conviver e a ter responsabilidades, como a de cuidar, aprender a alimentar, passear e interagir de forma prazerosa e divertida. A vinda da Amora facilitou muito o desenvolvimento da interação do Gabi. Ele também aprendeu a aceitar as regras dentro de casa com mais facilidade, a compreender os limites e a ter a atenção dividida. Ela é como uma irmã pra ele”, conta a mãe Simone ao destacar que a Amora também foi adestrada para canalizar energia e ter mais paciência para lidar com Gabriel.

“Ela tem mais cuidado com ele, o monitora e protege. Ele amadureceu como criança, como ser humano, enquanto aprende a respeitar e a conviver com animais e com as pessoas. É algo positivo e extremamente benéfico para qualquer criança”. 

Veja também

Filho de quatro patas16/04/18O mercado pet aproveita os laços criados entre humanos e animais para expandir as possibilidades de produtos e oferecer alternativas para os tutores. Por Carol Bonamigo Em 2013, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou, através da Pesquisa Nacional de Saúde, que 44,3% dos domicílios do País possuem, pelo menos, um cachorro. Isso significa, aproximadamente, 28,9 milhões de lares habitados por 52,2 milhões de cães, o que dá uma média de 1,8 animal por casa. Essa......
Sobre(amor)15/04/19Costumamos dividir os alimentos com os animais de estimação. Porém, o excesso disso pode acarretar no sobrepeso. Por Tuanny de Paula Quem tem animal de estimação já sabe que quando senta à mesa, logo uma carinha pedinte aparece embaixo do braço suplicando um petisco. É difícil negar e sempre é separado um......
Livre para voar13/10/17Animais da Falcoaria ajudaram na redução de 30% das colisões de aeronaves com aves no aeroporto RIOgaleão, apenas em 2016. Pode não parecer, mas ao dividir o espaço aéreo entre aeronaves e animais, o choque entre eles é um fator de risco para ambos. Nos EUA, por exemplo, de 1990 a 2007, cerca de 80 mil incidentes com pássaros foram reportados na......

Voltar para NOTÍCIAS