Postado em 10 de Maio às 11h27

Alunos de escolas e universidades participaram de mutirão de limpeza

Educação Ambiental (16)

A iniciativa Maré limpa na Resex tem o objetivo de sensibilizar banhistas sobre a destinação adequada do lixo

Cerca de 200 quilos de resíduos foram recolhidos por cem voluntários que participaram, no dia 04 de maio, da 4ª edição da atividade “Maré Limpa na Resex”, realizada na Praia de Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. Promovida pela Reserva Extrativista Marinha de Itaipu (Resex Itaipu) e pelo Parque Estadual da Serra da Tiririca, a ação teve o objetivo de sensibilizar os banhistas sobre a importância da destinação ambientalmente adequada do lixo.

O mutirão de limpeza foi realizado por mergulhadores voluntários no fundo do mar, próximo ao costão rochoso, e na areia da praia por alunos de escolas municipais da região e de universidades como a Universidade Federal Fluminense (UFF), guarda-parques do Parque Estadual da Serra da Tiririca e da Resex de Itaipu, dentre outros.

“O objetivo desta ação não é acabar hoje com todos os resíduos nas praias e nos mares, mas provocar uma reflexão nas pessoas. Um ato simbólico, mas com ações efetivas”, ressaltou o gestor da Resex Itaipu, Carlos Martins.

A Reserva Extrativista Marinha de Itaipu é a primeira unidade de conservação estadual dessa categoria e abrange a área marinha adjacente às praias de Piratininga, Camboinhas, Itaipu, Itacoatiara e a Lagoa de Itaipu. Na Resex está assegurada a pesca praticada por pescadores de forma tradicional.


*Texto e foto: Assessoria de Comunicação do Inea 

Veja também

Programa Voluntário Ambiental RJ18/10/18Inea oferece vagas para voluntários na Floresta Estadual José Zago, em Trajano de Moraes. O Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea) recebe, de 8 a 19 de outubro, inscrições para o Programa Voluntário Ambiental afim de preencher cinco vagas para o voluntariado regular, sendo uma para as áreas de apoio a serviços administrativos, educação ambiental, mídias sociais e duas para manejo de trilhas e do viveiro de mudas. As oportunidades......
SOS Amazônia!25/09 Em 50 anos, maior floresta tropical do mundo já perdeu 20% do seu território pelo desmatamento. Extração ilegal, queimadas e conversão em pastagem ou plantio comprometem economia brasileira e impactam no clima......

Voltar para NOTÍCIAS