Postado em 20 de Novembro de 2017 às 10h32

Aeroporto RIOgaleão recebe reconhecimento internacional

Resp. Ambiental (34)

RIOgaleão recebe Menção Honrosa na conferência internacional Airports Going Green pelo projeto Ciclo Orgânico.

Pelo segundo ano consecutivo, o RIOgaleão recebe menção honrosa, na 10ª Conferência Airports Going Green, realizada em Dallas, no Texas (EUA). A entidade concedeu o prêmio ao Aeroporto Internacional Tom Jobim pelo trabalho de compostagem realizado junto a toda comunidade aeroportuária para dar destino adequado aos resíduos orgânicos gerados no terminal. O Certificado de Menção Honrosa reconhece o valor do projeto Ciclo Orgânico, que fortalece ações de sustentabilidade na indústria da aviação. A conferência, que reúne os principais especialistas em sustentabilidade no segmento da aviação, é promovida pela Associação Americana de Executivos do Aeroporto e o Departamento de Aviação de Chicago.

O projeto Ciclo Orgânico desenvolvido pelo RIOgaleão é exemplo entre os aeroportos brasileiros e tem como objetivo reaproveitar os resíduos orgânicos, restos de alimentos e aparas de grama e poda gerados no terminal para produção de adubo. A medida evita que quase metade (46%) dessa tipologia de resíduo tenha como destino final os aterros sanitários licenciados. A compostagem é uma técnica sustentável na qual realiza a decomposição de materiais orgânicos com a finalidade de obter o adubo orgânico.

O trabalho da equipe de sustentabilidade do RIOgaleão é feito com empresas prestadoras de serviço, que atuam no aeroporto por meio da coletiva seletiva, e a parceria dos operadores de alimentação dos quais atuam na correta segregação dos resíduos. As unidades de alimentação envolvidas foram estimuladas a aderir ao projeto por meio de treinamentos oferecidos pelo RIOgaleão.

Em 2015, o RIOgaleão participou da conferência Airports Going Green, realizada em Chicago (EUA), apresentando o planejamento sustentável da gestão de resíduos e eficiência energética. Em 2016, o aeroporto recebeu a primeira menção honrosa pelo trabalho feito com mais de 3 mil integrantes para treinar e orientar as equipes sobre qualidade, controle ambiental e saúde pública, fomentando o desenvolvimento profissional e pessoal dos participantes.

“Este é o terceiro ano que apresentamos trabalhos na conferência. O primeiro ano resultou na palestra sobre planejamento aeroportuário na gestão de resíduos e eficiência energética. No segundo e terceiro ano, recebemos menção honrosa com os projetos de Educação Socioambiental e Ciclo Orgânico, respectivamente. É um orgulho para a concessionária ver que o trabalho realizado de sustentabilidade é valorizado e reconhecido na indústria aérea. O nosso comprometimento com a sustentabilidade é fundamental no dia a dia aeroportuário. O projeto Ciclo Orgânico tem apresentado resultados dos quais comprovam que é possível o desenvolvimento da atividade aeroportuária de forma sustentável com a implementação de ações que contribuam para a preservação do meio ambiente e de práticas socioambientais responsáveis”, afirma Milena Martorelli, gerente de sustentabilidade do RIOgaleão. 

Sobre o RIOgaleão

Revista Servioeste Saúde e Meio Ambiente Sobre o RIOgaleão O RIOgaleão assumiu a administração e a operação do aeroporto em agosto de 2014, com contrato de concessão de 25 anos. Até o fim desse...

O RIOgaleão assumiu a administração e a operação do aeroporto em agosto de 2014, com contrato de concessão de 25 anos. Até o fim desse período, o RIOgaleão investirá R$ 5,2 bilhões no aeroporto – destes, investimentos de cerca de R$ 2 bilhões já foram concluídos. O objetivo é transformar o Aeroporto Internacional Tom Jobim na porta de entrada para a América Latina.

 

*Fonte: Assessoria RIOgaleão

Veja também

Fim dos canudinhos15/05/19Santa Catarina proíbe uso de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais A partir de 15 de maio de 2020, os estabelecimentos comerciais de Santa Catarina não poderão mais usar canudos plásticos entre seus utensílios de serviço aos clientes. A Lei 17.727 sancionada no dia 13 de maio deste ano obriga os locais a usarem canudos fabricados com produtos biodegradáveis ou similares e prevê multa de R$1.000 para quem descumprir a......
Implicações do descarte indevido de efluentes11/05Além de crime ambiental, a ação tem consequências à saúde Resíduos e efluentes gerados pelas atividades domésticas, industriais, do agronegócio e de serviços de saúde necessitam ser tratados por processos técnicos, de forma a garantir a integridade do meio ambiente e da......
Consumo Colaborativo27/07/17Baseado em ajuda mútua e responsabilidade socioambiental, esse novo tipo de consumo tem em sua essência o compartilhamento e a troca de experiências. O consumo consciente é tido como uma prática sustentável que permite o reaproveitamento do produto para a mesma ou outra finalidade. Sem uma estrutura de oferta e demanda rígida e limitada, sem uso de moeda fixa, o comércio......

Voltar para NOTÍCIAS